ComunicaçãoDesign
 
 
 
 

Entrevista com Dom Orani

20.08.2018 | 3 minutos de leitura
Agência Arcanjo
Evangelização
Entrevista com Dom Orani

Tivemos a oportunidade de conversar com Dom Orani João, cardeal Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro e Presidente do Instituto Brasileiro de Marketing Católico (IBMC), sobre a comunicação na Igreja. Na ocasião, o religioso reafirmou a missão da Igreja de colocar-se a caminho com todos, usando os meios de comunicação para ampliar o alcance do anúncio do Evangelho. 

Confira como foi a nossa conversa!

(Agência Arcanjo) Como a comunicação está presente na vida do senhor?

(Dom Orani) Eu creio que o papel do padre, do bispo, do cardeal está atrelado com a comunicação 24h por dia, seja atendendo as pessoas, celebrando, utilizando os meios ou dando uma bênção. Tudo que a gente faz comunica o Evangelho, por isso eu acredito que a comunicação tem todos esses e muito mais desdobramentos na minha vida.

(AA) Qual a importância da comunicação para a Igreja e como pode contribuir para o anúncio do Evangelho?

(DO) A Igreja é comunicação. No Evangelho, quando Jesus fala para ir pelo mundo inteiro e pregar a Palavra a toda criatura, fala que não podemos viver sem ser comunicação. Então, tanto pelo testemunho quanto pelo anúncio de casa em casa, bem como pelos meios de comunicação, tanto os antigos como os novos, tudo isso faz parte do ser Igreja, ser discípulo de Jesus Cristo e missionário ao mesmo tempo. A comunicação faz parte da própria essência da Igreja.  

(AA) Como a Igreja enxerga essa área digital dos meios de comunicação e como é a sua presença frente às novas tecnologias, nas mídias sociais, por exemplo?

(DO) A Igreja já está presente em muitos canais de comunicação, tanto nos tradicionais, os mais antigos, como a TV, o rádio; quanto nos novos: Facebook, Instagram, blogs, sites; temos grupos, indivíduos que estão presentes. O que eu ressalto como importante é que aquele que está digitando, que está falando seja alguém bem informado e ame a Igreja, caminhe como Igreja, o grande segredo é esse. A Igreja reforça a importância dos meios de comunicação, não deixando de utilizar os tradicionais, que são mais caros, mas aproveitando os canais de fácil acesso para se relacionar com as pessoas, de forma até mais democrática, com a participação e envolvimento dos fiéis.

(AA) Quais dicas e sugestões o senhor daria para aqueles que querem aperfeiçoar a comunicação na sua paróquia/comunidade?

(DO) São muitas as experiências vividas nas paróquias e comunidades. São promovidos muitos cursos, encontros, formações, muitos livros e vídeos para quem se interessa por se aperfeiçoar nessa área. Tem que buscar, pesquisar e esforçar-se para aprender sempre mais!

Comente com o facebook
 
  •