ComunicaçãoDízimo
 
 
 
 

O que é a Pascom e como implantar?

18.03.2019 | 4 minutos de leitura
Marco Farias
Comunicação
O que é a Pascom e como implantar?

A Pastoral da Comunicação, ou simplesmente Pascom, nasceu da necessidade da Igreja Católica de comunicar-se, seja pelos meios impressos, pelos veículos como televisão, rádio, internet e até mesmo pelas redes sociais.

Uma das funções da Pascom é comunicar, mas acredite: comunicar não é “só comunicar”. O trabalho que a Pastoral da Comunicação desenvolve engloba a comunicação entre pastorais e movimentos e a comunicação destes com a comunidade, de forma a integrar as pastorais, os movimentos, os fiéis e o clero, procurando levar todos a anunciarem as mesmas palavras de amor que Jesus nos anunciou.

A Igreja é servidora. Por isso, a Pastoral da Comunicação coloca-se como parceira de todos os que querem fazer uma sociedade mais solidária, justa e fraterna. A comunicação não é apenas um meio para a solidariedade, mas é a primeira e mais básica manifestação de solidariedade.

O trabalho dos meios de comunicação católicos não é só uma atividade complementar que se vem juntar às outras atividades da Igreja: a comunicação social tem, com efeito, um papel a desempenhar em todos os aspectos da missão da Igreja. Não é suficiente, também, ter um plano pastoral de comunicação, mas é necessário que a comunicação faça parte integrante de todos os planos pastorais, visto que a comunicação tem, de fato, uma contribuição a dar a qualquer outro apostolado, ministério ou programa” (Instrução Pastoral Aetatis Novae, 1992, n. 17).

Como implantar a Pascom na minha paróquia/comunidade?

A iniciativa pode partir do padre ou dos fiéis, quando perceberem a necessidade de ter uma pastoral que fique responsável pela comunicação da instituição. Antes de qualquer coisa, é preciso responder à pergunta: “por que precisamos da Pastoral da Comunicação?”. A resposta não deve ser fruto do que uma pessoa pensa, mas de uma reflexão feita em comunidade.

Após a real avaliação da necessidade de implantação da Pascom, o próximo passo é convidar as pessoas (voluntários) para participar da pastoral. Comece procurando por fiéis que participam com frequência da sua paróquia ou comunidade, nas missas, encontros, formações; ou seja, aqueles que estão engajados com a comunidade. Preste especial atenção aos jovens, pois eles têm mais facilidade com o meio digital (redes sociais, fotografia, vídeo, etc.). Profissionais de comunicação (jornalistas, fotógrafos, radialistas, etc.) poderão contribuir muito nas atividades da Pascom. Não hesite em os convidar e jamais desanime ao receber um “não!”. Peça também auxílio ao padre para indicações e para que ele próprio convide as pessoas. Não se importe em iniciar com poucas pessoas: assim que a comunidade ver as ações da Pastoral da Comunicação, mais voluntários surgirão.

Como realizar encontros de formação?

Com os agentes da Pascom reunidos pela primeira vez, é hora de planejar e definir as ações, ou seja, definir o “Plano Pastoral de Comunicação”. Sempre inicie os encontros com oração e reserve alguns minutos para formação. É importante contar com a presença de um padre (ou diácono) nos encontros para auxiliar espiritualmente a Pastoral. Quanto à formação, uma sugestão para o primeiro encontro é o estudo do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil (Doc. 99 da CNBB).

Na sequência, é importante avaliar como e quais meios de comunicação a paróquia/comunidade já tem utilizado e como esses meios podem ser aperfeiçoados. Murais, faixas, banners, informativos, atualização do site e das redes sociais, fotos, vídeos e até mesmo os avisos lidos nas missas: tudo isso é “meio de comunicação” e poderá ficar sob responsabilidade da Pascom.

Sempre leve em consideração os recursos disponíveis (material e humano) e a realidade da comunidade para definir onde a Pascom pode e deve concentrar suas ações. Iniciem com pequenas ações e, gradativamente, avancem para novos meios e novas formas de comunicar a Boa Nova para mais e mais pessoas. 

Subsídio: a Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) desenvolveu um Guia de Implantação da Pascom, lançado em 2018. Confira aqui!

Aqui no blog temos muito mais conteúdo para te ajudar nessa missão, especialmente alguns materiais gratuitos. Clique aqui e confira!

Mais em Comunicação
Comente com o facebook
 
  •